Terça-feira, 27 de Abril de 2021

História: "Bojador, o fim do Mundo"

 Hoje recordámos a história de Vasco da Gama, quando descobriu o caminho marítimo para a Índia, que já tínhamos ouvido. Na sequência do tema dos Descobrimentos estivemos a ouvir a história: “Bojador, o fim do Mundo”. Esta história fala da viagem de Gil Eanes ao Cabo Bojador em África. Conversámos sobre a história. Vimos o Padrão dos Descobrimentos. Vimos algumas imagens sobre o continente Africano

18468646_SNvdH.jpg

OIPIKWEOD61.jpg

- J.: “O monstro marinho estava na areia. Eles foram de viagem para África.”

- B.: “Afinal não havia monstros marinhos. Contavam histórias sobre monstros marinhos. Nessa altura havia caravelas. Eles tinham medo do Bojador.”

- Gb.: “O Gil tinha sonhos esquisitos. “

- M.: “Gostei daquele monstro. Eles foram à procura dos monstros. Não encontraram nenhum. Gosto do barco grande, a caravela.”

- C. M.: “Eles foram andar de barco. Nessa época não havia monstros.”

- T.: “Não havia monstros. Eles foram lá e não encontraram nenhum. Disseram que os monstros engoliam os barcos.”

- Rt.: “O Gil Eanes quando estava a dormir tinha sonhos estranhos donde não conseguia sair. Depois apareceu o amigo. Ele encheu-se de coragem e foi para África. Quando eles chegaram lá não havia monstros. Tornou-se uma pessoa importante!”

Combinámos ver vídeos de danças tradicionais africanas e conhecer outras histórias dos navegadores portugueses. 

CBC às 13:35
| comentar | favorito
Quarta-feira, 7 de Abril de 2021

História: "Quando a mãe era pequena"

R04cc0265c9560b853ad9e8b071b8a30a.jpg

Estivemos a ouvir uma história muito interessante sobre como as coisas eram quando as mães eram pequenas. Eram um bocadinho diferentes do que são hoje.
No fim da história discutimos isso!
Alguns comentários
* “As pessoas falavam pelos telefones, não havia telemóveis. Quando se falava não se sabia quem era. O disco riscava e não saía do sítio. Escreviam-se cartas. Não havia GPS. Liam-se muitos livros.” Gu.
* “Antigamente não havia computadores. A mãe quando era pequenina escrevia numa máquina de escrever. Quando se enganava escrevia tudo de novo. A avó contava histórias ao colo. A televisão era a preto e branco…” Rt.
* “E cinzento!” C. F.
* “Era a preto e branco?” Sl.
* “…e os desenhos animados só davam aos sábados e aos domingos.” Rt.
* “…de manhã!” C. F.
* “Só havia 2 canais.” Rt.
* “A avó contava histórias. O telefone ficava em casa. Estavam a ouvir discos. O meu pai ouve músicas muito irritantes! A estrada era às curvas.” C. M.
* “Os restaurantes eram ao pé da estrada. Não havia telemóveis. O telefone tocava e ninguém sabia quem era. Havia discos de música.” C. F.
* “Quando a mãe era pequenina andava de bicicleta, saltava ao elástico e jogava à macaca.” Em.
* Quando a mãe era pequena viajava de carro e ficava enjoada.” Gb.
* “A mãe enjoava nas curvas. Escrevia cartas. Havia muitas cartas. O telefone fixo tocava e quando a mãe atendia não sabia quem era. Não havia computadores. A mãe escrevia e se se enganasse tinha que começar tudo de novo.” B.

* “A mãe estava a contar uma história à filha dela. Não havia telemóvel. A menina estava a andar na estrada.” J.

CBC às 16:43
| comentar | favorito
Terça-feira, 30 de Março de 2021

Trabalho de Texto

Sobre o texto do J.…

Os colegas fizeram-lhe perguntas para terem mais informações.
- “Porque é que comeste gelatina?” (Gb.)
- “Porque fui operado.” (J.)
- “A que é que sabia a gelatina?” (M.)
- “A morango e laranja.” (J.)
- “A que é que foste operado?” (Sr.)
- “Fui operado à garganta.” (J.)
- “Porque é que levaste o telemóvel e o tablet?” (Gb.)
- “Para ver e jogar.” (J.)
- “Que ferramentas é que o médico tinha?” (M.)
- “Aquilo para respirar...” (J.)
- “É aquelas máscaras para pôr o oxigénio?” (Rt.)
- “Sim!” (J.)
Depois escolhemos um título.
A seguir descobrimos letras e outras noções: quantas frases tem o texto, maiúsculas e minúsculas, entre outras.

IMG_20210330_102448.jpg

IMG_20210330_102600.jpg

IMG_20210330_103031.jpg

IMG_20210330_114532.jpg

CBC às 13:07
| comentar | favorito

"O Coelho Alberto"

 

sergei p.jpgSergei Prokofiev

 

O Coelho Alberto


O coelho Alberto disse ao neto
que era perigoso andar a passear
pois lá na selva há crocodilos
e os coelhinhos são um bom jantar.
Passo a passo o crocodilo avança
abre a boca e então…

O coelhinho não deu ouvidos
e pela selva foi passear
deu de caras com um crocodilo
e por pouco não foi…

Ai que susto, ai que susto
Eu nem sei do coração!
Ai que susto, ai que susto
Eu nem sei do coração!


A cabeça está tão quente
Que calor, ai que aflição!
A cabeça está tão quente
Que calor, ai que aflição!

Hoje o coelhinho diz aos outros
que é perigoso andar a passear
pois lá na selva há crocodilos
e os coelhinhos são um bom jantar.
Passo a passo o crocodilo avança
abre a boca e então…


Ouvimos o 3.º andamento da Sinfonia Clássica n-º1 de Sergei Prokofiev.
Depois aprendemos este poema de José Carlos Godinho e cantámo-lo de acordo com o ritmo da música.
Falámos sobre a música, o poema e o compositor.

- Gb., F.: “Havia o piano. Havia um crocodilo e um coelhinho. Era fofinho.”
- J.: “Havia um tambor. Gosto de aprender! Os coelhinhos são um bom jantar.”
- B.: “Havia o violino. Chama-se Prokofiev.”
- Gu.: “Foi lindo! O Prokofiev sabia fazer músicas muito bem! O crocodilo…passo a passo…ele avança. Quer comer…faz “crac”!”
- M.: “O coelhinho foi dizer aos outros que é perigoso andar a passear na selva.”
- Sr.: “Chama-se Alberto.”

Foi muito divertido!

CBC às 12:52
| comentar | favorito
Quinta-feira, 25 de Março de 2021

Os Ovos Misteriosos

Estivemos a ouvir esta história deliciosa.

Raac9aefaa235dfde17f6bdf87fd3b51e.jpg

Fizémos a seguir uma lista de palavras sobre a história e os nossos registos gráficos.


IMG_20210324_151840.jpg

 

CBC às 13:48
| comentar | favorito
Sexta-feira, 20 de Novembro de 2020

O Nascimento do Menino Jesus

Pois é!! Aproxima-se o Natal e nós aqui já estamos a organizar as tarefas que queremos fazer para comemorar esta época.

Estivemos a ouvir a história sobre o Nascimento do Meenino Jesus, na quarta feira, para recordar o que já sabemos sobre ela.

- C.M.: "A Maria estava a pegar no bebé. É o Menino Jesus. A Maria estava a andar no burro."

- F.: "Os anjos ajudaram o Jesus."

- B.: "Os anjos foram anunciar aos pastores."

- C. F.: "A Maria pegou no menino Jesus ao colo. O anjo foi falar com a Maria. O anjo disse à Maria que ela ia ter um menino."

- J.: "O Menino Jesus estava a dormir. Tinha cavalos, vacas...Passearam até Belém. O Menino Jesus nasceu...."

- Rt.: "...Num estábulo!"

- Sm.: "A mãe é a Maria e o pai é o José."

Ontem, quinta feira, estivemos a ver algumas pinturas sobre o tema.

126408895_183195300082651_4272572284404197673_n.jp

126290615_228980418574047_1231209451093299053_n.jp

126445168_423723882123755_9222794777719556473_n.jp

126485300_2811236282457662_3723508625706445850_n.j

Estivemos a falar sobre as pinturas, sobre o que mostram, sobre o que é a Anunciação...etc.

- Sl.: "É o Anúncio!"

- Rt.: "O anjo conversou com a Maria para ela ter um menino. Está ali uma pintura com a Maria vestida de vermelho. Na outra pintura está o Jesus na manjedoura."

- J.: "O Menino Jesus estava deitado. Estava a dormir. Eles pintaram o Menino Jesus. O Rubens. Os anjos foram visitar."

- B.: " Está ali uma que se chama "Adoração dos Pastores". Atrás de Maria está uma estrela. O Menino Jesus está deitado na manjedoura. O José está ao lado do Menino Jesus."

- C. M.: "O Menino Jesus está deitado nas palhas onde os animais comem. Está ali o pai do Menino Jesus que se chama José. A estrela está atrás da Maria. Gosto da pintura em que a Maria tem um vestido rosa."

- G.: "Gostei da estrela. Gostei dos pintores e das pinturas que fizeram."

- C. F.: "Eu gostei dos anjos e do bebé,  o Salvador, o Jesus. Gostei daquele pintor (aponta o Rubens), da estrela, do pano da Maria, do cor de rosa."

- F.: "Eu gostei da roupa do José. Tem um coração. E da estrela."

A seguir fizémos os nossos desenhos inspirados nas pinturas que observámos.

Foi super interessante!!

CBC às 13:01
| comentar | favorito
Sexta-feira, 6 de Novembro de 2020

Padrões com..."A Lagartinha muito comilona"

Estivemos a ouvir a história “A Lagartinha muito comilona”.

500x.jpg

Depois comentámos a história que explica a metamorfose da borboleta.
A seguir pintámos o corpo da lagarta seguindo padrões de cor à nossa escolha.

123769859_710712746233700_3780169725808000822_n.jp

123855314_379390833475870_6504497223189549765_n.jp

CBC às 08:53
| comentar | favorito
Terça-feira, 27 de Outubro de 2020

A Força das Cores

Estivemos a ouvir esta história com música, em CD, e recontámo-la todos juntos.

122731734_1854649984685329_5430466362721386289_n.j

O pintor estava a dizer que ia pintar com tintas (F.) de várias cores.

A bruxa apareceu e disse:
- “Não, não, não!” (Gl), a Bruxa Rebruxa (F.) sem ter coração.

A bruxa disse que só gostava de preto (B.) da cor do carvão (Sl.).
O pintor, a seguir, mostrou as cores: o amarelo (B.), cor do sol (Em.), o laranja (Gl), das laranjas (B.), a cor azul, cor do céu (vários), o vermelho (F.), cor do coração e do fogo (vários) e o roxo, cor das uvas (vários).
A bruxa então disse :
- “O meu coração... já está a bater!” (C. M.)

CBC às 13:37
| comentar | favorito

Trabalho de Texto

Estivemos a escolher um texto e ganhou o do M..
O texto do M. falava de três assuntos diferentes. Ele escolheu falar dos PJ Masks, que era uma das frases do seu texto.

122722440_839412886805665_5303084018712919803_n.jp

Fizémos perguntas para o aumentar com mais informações.
Perguntas ao autor do texto
- F.: “São grandes ou pequenos?”
- M.: “Grandes.”
- Em.: “Onde compraste?”
- M.: “No chinês.”
- T.: “Quanto custaram?”
- M.: “Cinco euros.”
- Sl.: “Eram caros?”
- M.: “Baratos!”
- C. M.: “Com quem os foste comprar?”
- M.: “Com o avô e a avó.”
- B.: “Quantos eram?”
- M.: “Cinco.”
- Gl.: “De que cores eram?”
- M.: “Vermelho, azul, verde e preto.”

A seguir aumentámos o texto com as respostas que o M. deu.
Lemos e começámos a pensar em títulos.

C. M.: “Os PJ Masks”
Rt.: “Cinco PJ Masks”
Em.: “Verde, amarelo e azul”

O autor do texto escolheu o título que a Em. sugeriu. Com o texto reescrito descobrimos várias letras.

122719009_676462093010978_2919655632274519140_n.jp

122721579_846080399534061_870772588395387112_n.jpg

122922096_2430806770558157_6387064819459625975_n.j

A seguir o M. e o seu par foram passá-lo a computador.

122744486_729783327619294_2624968107218839096_n.jpA seguir vamos recortar o texto, montando ao lado o puzzle com as frases, no nosso caderno de escrita.

CBC às 09:06
| comentar | favorito
Quinta-feira, 15 de Outubro de 2020

Projeto dos Leões

O J., a C. F. e o T. já mostraram o projeto que estiveram a fazer sobre estes animais. Aprenderam várias coisas que queriam saber e ensinaram aos colegas.

121564518_391441061869437_830807587896376418_n.jpg

121585751_771850870214777_5030970553953909168_n.jp

121545002_954744761601558_3998472492777136578_n.jp

Os colegas avaliaram o projeto dizendo o que mais gostaram e aprenderam. A seguir desenharam. Gostámos imenso!!

CBC às 16:26
| comentar | favorito

Sala da Rute, Educadora de Infância, sonhadora, sempre à procura de mais e melhor


pesquisar

 

Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
17
18
19
20
22
23
24
25
26
28
29

posts recentes

História: "Bojador, o fim...

História: "Quando a mãe e...

Trabalho de Texto

"O Coelho Alberto"

Os Ovos Misteriosos

O Nascimento do Menino Je...

Padrões com..."A Lagartin...

A Força das Cores

Trabalho de Texto

Projeto dos Leões

arquivos

Abril 2021

Março 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

tags

todas as tags