Terça-feira, 29 de Maio de 2018

"A Fada Oriana"

Fomos ao Convento de S. Francisco ver o teatro sobre a história:

“A Fada Oriana” da escritora Sophia de Mello Breyner Andresen.

Imagem relacionada

 Estivemos a conversar na sala sobre esta escritora e sobre dois livros que ela escreveu. Um deles é a “Fada Oriana”.

O teatro foi muito bonito passado na floresta e no universo das fadas. Nós ficámos maravilhados.

- V.: “Eu gostei de ver a Fada Oriana. Gostei da parte em que não tinha asas.”

Resultado de imagem para fada oriana

- D. P.: “Eu não gostei da parte em que a fada ficou sem asas, da fada má porque lhe estava a mentir e de quando ela empurrou a fada boa. Gostei de quando a fada estava com as asas.”

  - La.: “Gostei da parte em que apareceu a rainha das fadas boas, da parte em que apareceu o cão e o gato, da parte em que a senhora se disfarçou de velha, quando apareceu o polícia e quando foram à procura do filho do moleiro.”

 - J.: “Gostei do gato e do cão e de quando a fada perdeu as asas.”!

- M. T.: “Eu gostei da parte em que o cão e o gato estavam a brincar. Gostei da parte em que a fada perdeu as asas e não gostei que o peixe mentisse à fada.”

- Mr.: “Eu gostei que o peixe estivesse a falar e que o gato e a cadela estivessem a brincar. Gostei muito de ver e foi giro!”

- Bz: “Eu gostei do teatro e da fada boa. Chamava-se Oriana. A velhota foi trabalhar. A fada má mentiu.”

- M: “Eu gostei de ver a história. Gostei de quando o passarinho estava a falar com a Oriana. Não gostei da má porque ela era a rainha das fadas más. A fada boa tirou as asas à fada. Ela olhou para o rio. Estava a olhar para si própria.”

- D. T.: “A rainha devolveu as asas à Oriana porque a Oriana salvou a velha que ia cair no penhasco. Não gostei da fada má porque ela era má. Não gostei que a fada tirasse as asas à Oriana mas ela mereceu. Eu gostei quando a fada Oriana falou com a cobra e a formiga. A boneca mudou para uma pessoa.”

- An.: “Eu gostei de ver a fada Oriana. A fada Oriana ajudou a velha. A velha ia caindo nos arbustos. Eu não gostei da parte em que a fada perdeu as asas. As asas voaram para longe. A fada Oriana chorou porque não tinha asas. Gostei daquela parte em que a fada Oriana trocou de penteado. O peixe disse-lhe para ela mudar de penteado.”

- E.: “Eu gostei da parte em que o cão e o gato estavam a brincar.”

- G. G.: “Eu gostei que a velha acendesse fósforos. Eu não gostei da parte em que a fada tirou as asas à Oriana: Gostei que aparecessem as fadas grandes, a má e a boa.”

- Tg.: “Gostei da parte da cobra e do peixe.”

- Lr: “Eu gostei da parte em que a fada Oriana teve as asas de volta, da cobra e do peixe.”

- G. M.: “Eu gostei da parte em que estavam a dobrar a roupa. Não gostei que a fada má empurrasse a fada boa. Não gostei da parte em a fada lhe tirou as asas.”

 Resultado de imagem para fada oriana

- Al.: “Gostei de ver a fada Oriana e de ver a fada má porque tinha asas vermelhas. Gostei daquela parte em que apareceu a roda com a roupa e a bola e de ver a fada grande.”

- G.: “Eu gostei de ver o gato e o cão. Gostei da parte em que a fada boa tirou as asas à fada.”

- S.: “Eu gostei da parte da cobra, da formiga e do coelho, da parte em que a fada Oriana foi à cidade, em que a velhota ia a cair do penhasco, da parte em que a fada boa tirou as asas porque ela não cumpriu as promessas e não ajudou os pássaros e não foi tratar dos animais nem ter com o poeta. Gostei da parte em que apareceu o peixe. Ele mentiu à fada Oriana.”

- Th.: “Eu não gostei que a fada tirasse as asas à fada boa porque a fada portou-se mal. Chamava-se Oriana. Gostei que a fada má estivesse a empurrar a Oriana e que a fada devolvesse as asas à fada Oriana.”

- Br.: “Eu gostei de ver o espetáculo. Gostei da parte da trovoada. Estava a chover. A rainha da Oriana tirou as asas à Oriana porque ela mereceu, não cumpriu o que ela disse.”

- Dv.: “Gostei da fada má e da boa, da bola, da camisola e da cobra, da formiga e do rato, de quando a Oriana foi falar com o espelho a ver-se a ela própria. O peixe parecia que estava morto porque estava só em espinhas.”

CBC às 16:19
| comentar | favorito

Sala da Rute, Educadora de Infância, sonhadora, sempre à procura de mais e melhor


pesquisar

 

Novembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Histórias de encantar

Teatro: "Terra Torga"

Dia das Bruxas

Bolo de Abóbora

Coisas horripilantes e...

Lenda de S. Martinho

Fomos comer castanhas

A preparar...

Visita da mãe da C. F.

Frutos da época

arquivos

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

tags

todas as tags